segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Sobe para cinco as vítimas fatais em acidente em Correntina




A quinta vítima do acidente ocorrido na última sexta-feira, 03, na BR 349, há 17 quilômetros da cidade de Correntina, região Oeste da Bahia, o funcionário comissionado do Senado Federal Antonio de Lisboa Ribeiro Bomfim, 50 anos morreu por volta de 01h50 deste domingo, 05, no Hospital do Oeste, em Barreiras.

De acordo com o delegado de Correntina Marcelo Ribeiro dos Reis Calçado, Antonio estava no Toyota Hilux, juntamente com sua cunhada Elizabeth Fernandes dos Santos, 49 anos e esposa Nazaré Maria dos Santos, 57 anos. Este veículo colidiu com um S 10 que saiu da pista e bateu ao tentar retornar para a mão de direção, o qual pegou fogo e provocou a morte de todos os ocupantes: Sotiros Mantzos, Margarida Martins Mantzos, o garoto Fernando Morais Mantzos, 11 anos e Maria das Graças de Morais. Estes tiveram os corpos completamente carbonizados.


Os nomes das quatro primeiras vítimas fatais foram confirmados via telefone, por um senhor de pré-nome Alfredo Morais, localizado por meio da carteira estudantil do menor encontrada no local do acidente. Este declarou ser pai de Maria das Graças, genro de Sotiros, avô de Fernando e amigo de Margarida. As informações estão em relatório do delegado encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica da cidade de Barreiras, onde os corpos deram entrada para realização de exames.


Elizabeth e Nazaré, de acordo com informações de sua sobrinha Lidiana Borges, em conversa ontem à noite com a redação do blog Alô Alô Salomão serão transferidas na manhã desta segunda–feira, 07, em UTI aérea para Brasília/DF.


O produtor e empresário barreirense Vitor Rocha Belem que está em Goiânia/GO, nos informou que é amigo de Kalinka Fernandes, filha de Elizabeth Fernandes a qual possui vários parentes em Barreiras, mas quando sofreram o acidente seguiam para a cidade de Ilhéus/BA. Ele não possuía informações sobre o estado de saúde delas.


Os corpos queimados serão liberados do Instituto Médico Legal do Complexo Policial de Barreiras, após apresentação de documentos de todas as vítimas e coleta de material genético de parentes para realização de exames de DNA em Salvador/BA. A liberação, segundo a polícia não dependerá do resultado dos exames.

Fonte:Blog Alo alo Salomão.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...